Gabriela Machado
Na Roda

O canto, 2018
Óleo e tecido sobre tela, 46 x 56 cm

O canto, 2018
Óleo e tecido sobre tela, 46 x 56 cm

Ganhando aplausos, 2022
Acrílico sobre linho, 200 x 164 cm

Ganhando aplausos, 2022
Acrílico sobre linho, 200 x 164 cm

Alô alô, 2022
Acrílico sobre linho, 200 x 164 cm

Alô alô, 2022
Acrílico sobre linho, 200 x 164 cm

A 3 + 1 Arte Contemporânea tem o prazer de apresentar Na Roda, exposição individual de Gabriela Machado (Joinville, Brasil, 1960).

Marcada pela força do corpo e pelas paisagens e ambientes que o atravessam, a pintura de Gabriela Machado é um momento efémero onde zonas de cor carregam vivências e lugares.

Em Na Roda, a artista apresenta um conjunto de pinturas que perseguem o movimento e o tempo. Na exposição poder-se-ão encontrar pinturas de grande formato, manchas do tamanho do corpo inteiro, a par de um núcleo de trabalhos em que a reminiscência de brilhos e cores encontra lugar na tela. Tratam-se de fragmentos de um tempo em que as ruas do outro lado do mar transbordam de ritmo, luz e purpurina. Pinturas em trânsito contaminadas pelo fulgor de uma roda viva.

 

Gabriela Machado (Joinville, Brasil, 1960) vive e trabalha no Brasil. A sua pintura, escultura e o seu desenho busca inspiração naquilo que a rodeia e em composições estéticas do dia-a-dia. Paisagens e naturezas mortas encontram a sua forma através do uso de pinceladas intensas, cores luminosas e escalas contrastantes. Obteve licenciatura em Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Santa Úrsula. Completou diversos cursos de pintura, desenho, estúdio livre, gravura em metal, litografia e outras disciplinas teóricas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, bem como cursos DE Estética e História da Arte lecionados por Ronaldo Brito na UniRio e PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica). Expõe regularmente no Brasil e internacionalmente desde 1987. Exposições selecionadas: Para todos os mares, Galeria Anita Schwartz, Rio de Janeiro (2020); Todas as cores da Estrela, Galeria Celma Albuquerque, Belo Horizonte (2018); Pequenas Pinturas, Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo (2018); Um momento, 3+1 Arte Contemporânea, Lisboa (2017); Em polvorosa – Um panorama das coleções do MAM Rio, curadoria de Fernando Cocchiarale and Fernanda Lopes, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro (2016); Do Barroco ao Barroco – está a Arte Contemporânea, curadoria de Maria de Fátima Lambert e Lourenço Egreja, Casa da Parra, Museu Guerra Junqueiro, Porto e 17a Bienal de Cerveira, Santiago de Compostela, Espanha (2016); Os Jardins de Lisboa em Gabriela Machado, Instituição Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisboa, Portugal (2011); Doida Disciplina, curadoria de Ronaldo Brito, Caixa Cultural, Rio de Janeiro, Brasil (2009); Neuhoff Gallery, NY, EUA (2003); e Calming The Clouds, curadoria de Mallin Barth, Tiftelsen 3,14, Bergen, Noruega (1999). As suas obras integram coleções privadas e públicas internacionais tais como: Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, Brasil; Fundação ECCO, Brasília, Brasil; Centro de Cultura Patrícia, Galvão/Secretaria de Cultura de Santos, São Paulo, Brasil; Casa de Cultura Lauro Alvim, Rio de Janeiro, Brasil; Centro Cultural Cândido Mendes, Rio de Janeiro, Brasil; Fundação Castro Maya/Chácara do Céu, Rio de Janeiro, Brasil;  Museu de Arte Santa Catarina/Fundação, Catarinense de Cultura, MASC, Brasil; Instituto Brasileiro de Arte e Cultura/IBAC, Rio de Janeiro, Brasil; Arizona State University Art Museum, Arizona, EUA; Squire, Sanders & Dempsey, Arizona, EUA; entre outras coleções privadas no Brasil, em Portugal e em vários estados dos EUA (NY, San Francisco, Seattle, Denver, Napa, Arizona).

01.07.22 → 10.09.22

Inauguração 01.07.22, 18h – 21h

Folha de Sala

A