António Neves Nobre
TRABALHOS
EXPOSICOES
BIOGRAFIA
IMPRENSA

António Neves Nobre (1993, Lisboa) vive e trabalha em Lisboa. As suas pinturas resultam de um processo centrado na revelação/ofuscação de camadas de tinta e de cor, por meio de diferentes tipos de materiais riscadores. Pela sua complexidade de leitura, as imagens removem-se quase por completo da figuração, passando a ter uma preocupação atmosférica, alimentada pela tensão entre a forma e o fundo. António Neves Nobre obteve a sua Licenciatura em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Foi nomeado para o prémio Arte Jovem, Prémio Nacional Para alunos de Artes Visuais, Carpe Diem Arte e Pesquisa, 2016. Recentemente, apresentou as exposições individuais O vento mal bulia, na galeria 3+1 Arte Contemporânea, Lisboa (2019) e Testemunhas, Travessa da Amorosa, Lisboa (2017). Também participou nas seguintes exposições coletivas: 2012-2020: Obras da Coleção António Cachola, Museu de Arte Contemporânea de Elvas (2020); Água, Vinho, Coroa de Flores, Uppercut, Lisboa (2019); Murro no Estômago, Galeria da Boavista, Lisboa (2019); A Guerra como Modo de Ver – Obras da Coleção António Cachola, Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Elvas (2018);  Tudo o que é profundo ama a máscara, 3+1 Arte Contemporânea, Lisboa (2017); Alguns Desenhos, Rua Actriz Virgínia, Lisboa (2016); Casa Ocupada, Casa da Dona Laura, Lisboa (2016) ; Finalistas Pintura Belas-Artes 14'15, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa (2016); Arte Jovem, Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisboa (2016); Ciclo Corda Bamba, Casa Ferreira, Lisboa (2016); Cast a Cold Eye, Museu Condes de Castro Guimarães, Cascais (2015); Ninguém diz Nada, Quinta da Alagoa, Carcavelos (2013); 96 Horas, Espaço Porta 6, Lisbon (2012). Desde 2019 é co-fundador do espaço independente Uppercut, em Lisboa. O seu trabalho faz parte da Coleção António Cachola e outras coleções particulares em Portugal e no México.

CV



António Neves Nobre (1993, Lisbon) lives and Works in Lisbon. Neves Nobre obtained a BA in Painting at the Faculty of Fine Arts (University of Lisbon). He was nominated for Arte Jovem, Prémio Nacional Para alunos de Artes Visuais, Arte e Pesquisa, 2016. He recently presented the solo exhibition Testemunhas, Travessa da Amorosa, Lisbon (2017). He has also participated in the following group shows: Água, Vinho, Coroa de Flores, Uppercut, Lisbon (2019); Murro no Estômago, Galeria da Boavista, Lisbon (2019);  A Guerra como Modo de Ver – Obras da Colecção António Cachola, Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Elvas (2018); 3+1 Arte Contemporânea, Lisbon (2017); Alguns Desenhos, Rua Actriz Virgínia, Lisbon (2016); Casa Ocupada, Casa da Dona Laura, Lisbon (2016); Finalistas Pintura Belas- Artes 14'15, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisbon (2016); Arte Jovem, Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisbon (2016); Ciclo Corda Bamba, Casa Ferreira, Lisbon (2016);Cast a Cold Eye, Museu Condes de Castro Guimarães, Cascais (2015); Ninguém diz Nada, Quinta da Alagoa, Carcavelos (2013); 96 Horas, Espaço Porta 6, Lisbon (2012). Starting 2019, he is co-founder of the artist-run space, Uppercut, in Lisbon. His work has been included in Colecção António Cachola, Portugal, and private collections in Portugal and Mexico.