Carlos Noronha Feio
TRABALHOS
EXPOSICOES
BIOGRAFIA
IMPRENSA

Carlos Noronha Feio (Lisboa, 1981) obteve um Doutoramento do Royal College of Art London e vive e trabalha em Lisboa, Londres e Moscovo. Exposições individuais seleccionadas: even if at heart we are uncertain of the will to connect, there is a common future ahead, Narrative projects, Londres (2018); A Matter of Trust, Garage Museum of Contemporary Art, Moscovo (2017); banhados pela luz brilhante do pôr do sol, 3+1 Arte Contemporânea, Lisboa (2015); e Oikonomia: A Matter of Trust, MNAC - Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, Lisbon (2015). Exposições colectivas incluem: The fabric of felicity, Garage Museum of Contemporary Art, Moscovo (2018); Variations Portugaises, Centre d’Art Contemporain de Meymac (2018); Futures, CAC Vilnius (2017); You Are Now Entering_________, CCA Londonderry/Derry (2012); e Image Wars, Abrons Art Centre, Nova Iorque (2011). Entre 2009 e 2014, Noronha Feio foi director do The Mews Project Space em Londres. As suas obras foram incluídas na publicação “The Art of Not Making: The New Artist/Artisan Relationship”, bem como “Nature Morte: Contemporary Artists Reinvigorate the Still Life Tradition”, publicados por Thames & Hudson. As suas obras fazem parte de colecções publicas e privadas, incluíndo MAAT—Fundação EDP em Lisboa, Saatchi Collection em Londres, e MAR—Museu de Arte do Rio no Rio de Janeiro.



CV