Carlos Nogueira
TRABALHOS
EXPOSICOES
BIOGRAFIA
IMPRENSA

CARLOS NOGUEIRA

Nasceu em [born in] Moçambique, 1947 
Vive e trabalha em [lives and works in] Lisboa [Lisbon]  , Portugal.

Exposições Individuais  Solo exhibitions
2018
BREVEMENTE
mais desenhos de casas com luz. e escuridão, 3+1 Arte Contemporânea,3+1 Arte Contemporânea, Lisboa | Lisbon
Carlos Nogueira, Porta 14, Lisboa | Lisbon
2016
casa Comprida com Luz, Museu Internacional de Escultura Contemporânea, Santo Tirso, Portugal
casa Deitada, Museu da Eletricidade-Fundação Edp, Lisbon, Portugal
2015
o peso das coisas. leveza e claridade | the weight of things. lightness and clarity, Appleton Square, Lisboa | Lisbon
nem o tempo passa | Nor time passes, 3+1 Arte Contemporânea, Lisboa | Lisbon
2014
casa comprida com árvores, (comissários | curators – Alberto Carneiro, Álvaro Moreira), projeto de 2010, inauguração no verão de 2014 | project from 2010, opening on summer 2014, Santo Tirso, Parque de Esculturas de Santo Tirso, Portugal 
da natureza das coisas tudo acaba | On the nature of things all comes to an end, Culturgest, Porto | Oporto, Portugal
2012
o lugar das coisas | a place for all things, CAM - Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa | Lisbon 
Fundação EDP, Museu da Eletricidade, Lisboa | Lisbon
Parque de Escultura, Vila Nova da Barquinha, Portugal (obra instalada em permanência | permanent installation)
2010
Calheta, Praia da Calheta, Lonarte, Madeira, Portugal
2009
desenhos ditados no escuro e outros trabalhos antigos | Drawings dictated in the dark and other older works, Fábrica do Braço de Prata, Lisboa | Lisbon
Casappella Worblaufen, Berna | Berne
2008
Passeio Marítimo do Estoril, linha de mar, Estoril,Portugal
construções e outros acidentes, Fundação Carmona e Costa, desenhos, Lisboa | Lisbon
2007
Parque do Palacete Ventura Terra, (obra instalada em permanência | permanent installation) Lisboa | Lisbon
2006
mais longe e límpido, Parque de Escultura, Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, Almada, Portugal (obra instalada em permanência | permanent installation)
desenhos de construção com casa . e céu aberto, Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, Almada, Portugal
Galeria 24b, casa com esquina . a céu aberto, Oeiras, Portugal
2005
Centro Nuno Belmar da Costa, Oeiras, construção mural em mármore (obra instalada em permanência | permanent installation), Portugal
construção elíptica, Schosshalde Bern, Berna | Berne,  (espaço de apoio a uma gasolineira, com Ueli Krauss | support area of a petrol station, with Ueli Krauss)
2004
construção . com luz, Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa | Lisbon
linha de luz, (projeto de instalação de luz para uma proposta de arquitetura de José Adrião | project for a light installation for an architectural proposal of José Adrião), Alcoutim, Portugal
2003
desenhos de casas, Galeria Promontório Arquitetos, Lisboa | Lisbon
construção para lugar nenhum, Galeria Luís Serpa Projetos, Lisboa | Lisbon,
2002
paisagem(s) de (man)dar . fragmento, Pahldata, Lisboa | Lisbon
nem sombra nem vento, Sintra Museu de Arte Moderna | Coleção Berardo, Lisboa | Lisbon
a parar a luz, Centro Cultural de Belém, Lisboa | Lisbon
longe e brilha, Centro Cultural Emmerico Nunes, Capela de Sines, Sines
a ver, CAM - Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa | Lisbon
2000
objetos com luz própria, Galeria 30 Dias, Caldas da Rainha, Portugal
a noite e branco, Museu da Cidade, Pavilhão Branco, Lisboa | Lisbon, Portugal
1999
beyond the very edge of the earth, Brighton University, Brighton, Reino Unido | United Kingdom
1998
beyond the very edge of the earth, The Economist Plaza, Londres | London,  , Reino Unido | United Kingdom
construção com chão branco a partir de dentro, Fundação Calouste Gulbenkian,
Lisboa | Lisbon, Portugal
1997
olhou para ele durante muito tempo; continuou então a desenhar, Galeria Canvas & Companhia, Porto | Oporto, Portugal
o mar, o céu e outros labirintos, Centro Cultural Português - Instituto Camões, Brasília | Brasilia, Brasil | Brazil
o mar, a mar e outros labirintos, Museu Nacional de Belas-Artes, Rio de Janeiro, Brasil | Brazil
1996
o mar, a pedra e outros labirintos, Centro Cultural de Belém, Lisboa | Lisbon
as portas do rio te estão abertas, Livraria Assírio & Alvim, Lisboa | Lisbon
1994
chão de cal, Sala do Veado, Museu Nacional de História Natural, Lisboa | Lisbon, Portugal
até ao fim das terras todas, Teatro Nacional de São João, Porto | Oporto, Portugal
1993
uma floresta como um rio, Avenida Gulbenkian, Lisboa | Lisbon, Portugal
permanência da água, Galeria Évora-Arte,Évora, Portugal
1992
entre duas águas ,Museu Nacional de Évora, Évora, Portugal
1989
Desenho, Galeria Diferença, Lisboa | Lisbon, Portugal
1987
das nascentes, Cooperativa Árvore, Porto | Oporto, Portugal
1986
paisagens das terras do monte e da pele, Galeria Diferença, Lisboa | Lisbon, Portugal
1984
ação no âmbito da intervenção pública contra a demolição
do Cinema Monumental | action in the context of a public intervention against the demolition of Cinema Monumental, Praça do Saldanha, Lisboa | Lisbon, Portugal
1983
7 ensaios sobre um céu de pintar e outro de brincar, Círculo de Artes Plásticas, Coimbra, Portugal
do céu / o sal, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon, Portugal
paisagem(s) de (man)dar, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon, Portugal
boa viagem / e escreve, ação por correio | mail action, Portugal
1981
conjunto de mesa e pintura a condizer e outros fragmentos de um discurso sobre o comum e o quotidiano (ou a primeira fruta com as primeiras chuvas), Centro Nacional de Cultura, Lisboa | Lisbon, Portugal
1980
gosto muito de ti, ação de rua | street action, Oeiras e Lisboa | Oeiras and Lisbon
a Camões e a ti, Casa do Povo, (integrado na II Bienal Internacional de Arte | integrated in the 2nd International Art Biennale) Vila Nova de Cerveira, Portugal 
se eu pudesse dava-te um piano, ação por correio | mail action, Portugal | Portugal
1979
os dias cinzentos | lápis de pintar dias cinzentos Galeria Diferença, Lisboa | Lisbon, Portugal
1978
do branco branco ao espaço (homenagem azul a Malevich), (integrado no ciclo de encontros sobre Malevich | integrated in the cycle of meetings on Malevich) Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa | Lisbon, Portugal
homenagem a Bosch, (ação realizada no âmbito do Dia Internacional dos Museus | action in the context of Museum International Day)
Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa | Lisbon, Portugal
 
Exposições Coletivas Seleção | Collective Exhibitions Selection
2017
Este Lugar Lembra-te Algum Sítio?, Curadoria de Miguel Sousa Ribeiro, CAPC – Círculo das Artes Plástica de Coimbra, Coimbra, Portugal
2016
Este Lugar Lembra-te Algum Sítio?, Curadoria de Miguel Sousa Ribeiro, CAAA – Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitetura, Guimarães, Portugal
2014
Animalia e Natureza na Coleção do CAM | Animalia and Nature in the Collection of CAM , Curadoria | Curators: Isabel Carlos & Patrícia Rosas, Centro Arte Moderno - Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa | Lisbon
Contra/cto, Curadoria | Curator Bruno Leitão, 3+1 Arte Contemporânea, Lisboa | Lisbon
2013
Sob o Signo de Amadeo – Um Século de Arte | Under the sign of Amadeo – A Century of Art, CAM-Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa | Lisbon
2012
Fernando de Azevedo, um texto uma obra, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon, Portugal
Shoreline – Artes plásticas na colecção do Ar.Co | Shoreline – Art from the Ar.Co Collection, Centro de Artes de Sines e Centro Cultural Emmerico Nunes, Sines, Portugal
Cimento, Lisbon, Museu Nacional de História Natural, Sala do Veado, Lisboa | Lisbon, Portugal
2011
Artistas por Oeiras | Artists by Oeiras , Centro Cultural Palácio do Egito, Oeiras, Portugal
2010
A secreta vida das palavras | The secret life of words, Centro Cultural Emmerico Nunes, Sines, Portugal
Cabinet d’Amateur, , Museu Nacional de História Natural, Sala do Veado, Lisboa | Lisbon, Portugal
Falemos de casas: quando a arte fala de arquitectura | Let's talk about houses: when art speaks architecture, Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa | Lisbon, Portugal
2009
Anos 70. Atravessar fronteiras | The 70s. Crossing frontiers, CAM – Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa | Lisbon, Portugal
2007
Apresentação da colecção do CAM | Presentation of the CAM Collection, CAM – Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa | Lisbon, Portugal
50 anos de arte portuguesa | 50 years of Portuguese art, Museu Calouste Gulbenkian, Lisboa | Lisbon, Portugal
2006
Home Sweet Home, Centro de Arte de São João da Madeira, São João da Madeira, Portugal
2005
Lisboa | Lisbon, Centro Cultural de Belém, Construir, Desconstruir, Habitar. Obras da Colecção
Berardo, 30 de abril-15 de janeiro de 2006 | April 30th-January 15th 2006 (obra exposta | piece on
display: nem sombra nem vento)
2004
Lisboa | Lisbon, Galeria Luís Serpa Projetos, Fotoportfólio [20 anos], 8 de maio-19 de junho |
May 8th-June 19th
Riga, Sculpture Quadrennial Riga 2004, 1 de maio-1 de agosto | May 1st-August 1st (obra
exposta | piece on display: construção para lugar nenhum)
2002
100 Anos – 100 Artistas, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa | Lisbon,
Territórios Singulares na Colecção Berardo, Sintra, Sintra Museu de Arte Moderna | Coleção Berardo, Portugal
2001
Al quimias. Al Berto, as Imagens como Desejo de Poesia, Centro Cultural Emmerico Nunes,  Portugal,
1999
Fórum de Macau, Macau, RAE da República Popular da China  | SAR of the People's Republic of China
1998
Livro de Artista, Galeria Municipal de Exposições de Alverca, Hong Kong Museum of Art, Hong Kong, RAE da República Popular da China  | SAR of the People's Republic of China
1997
Slusser Gallery, University of Michigan, Ann Arbor, EUA | USA
The Urban Center, The Architectural League, Nova Iorque | New York, EUA | USA
Portugal: do mar, das pedras, das cidades, 19 Triennale de Architettura di Milano, Milão | Milan, Itália | Italy
1996
Colecção Mário Soares, Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa | Lisbon
1995
II Bienal Internacional de Escultura e Desenho, Caldas da Rainha, Portugal
1994
16 anos, II Bienal de Vila Nova de Cerveira, Vila Nova de Cerveira, Portugal
1991
A Secreta Vida das Imagens, Galeria Atlântica, Lisboa | Lisbon, Porto | Oporto,
1990
À espera dos bárbaros, Galeria Pedro e o Lobo, Lisboa | Lisbon,
1988
Exposição dos projectos de remodelação do Elevador de Santa Justa, (projeto realizado com José Manuel Fernandes | project accomplished with José Manuel Fernandes), Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon
Lisbonne aujourd’hui, Musée d’art contemporain de Toulon, Toulon, França | France
Fotoporto, Casa de Serralves, Porto | Oporto, Portugal
1987
Prémio Amadeo de Souza Cardoso, Exposição Nacional de Arte Moderna, Casa de Serralves, Porto| Oporto
Marca Madeira, Galeria Canvas, Funchal, Portugal
1986
III Exposição de Artes Plásticas, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa | Lisbon,
Sinfonia em Branco, Festival de Música dos Capuchos, Costa de Caparica, Portugal
XLII Bienale di Venezia (representanza ufficiale portoghese | Portuguese official representation) Veneza | Venice, Itália
AICA Philae 86, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon
1985
AICA, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon
Arte dos anos 80 na Sociedade Nacional de Belas-Artes, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon
Diferença|Diálogo, Galeria Diferença, Lisboa | Lisbon
1983
A História Trágico-Marítima, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon,
Livro de Artista, Galeria Diferença, Lisboa | Lisbon
Heróis (com Alberto José Caetano e Ana Isabel | with Alberto José Caetano and Ana Isabel), Galeria Quadrum, Lisboa | Lisbon,
1982
II Trienal Internacional de Desenho | II International Trienale of Drawing, Kunsthalle Nürnberg, Nürnberg, Alemanha | Germany
O papel como suporte, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon,
Exposição de Arte Moderna, Sociedade Nacional de Belas-Artes,  Lisboa | Lisbon,
Desenhos? Projecto «Sema»,, Edifício Mobil, Lisboa | Lisbon
1981
25 Artistas Portugueses Hoje, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, São Paulo,
Lis’81 - Lisbon International Show, Lisboa | Lisbon,
1980
Arte Portuguesa Hoje, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon,
Panorama das Galerias, Galeria Nacional de Arte Moderna, Lisboa | Lisbon
A caixa, Galeria Diferença, Lisboa | Lisbon,
1979
Lisbon International Show – Lis’79, Galeria Nacional de Arte Moderna, Porto, Museu Nacional de Soares dos Reis, Lisboa | Lisbon, Porto | Oporto, Portugal
1978
Outras formas, outra comunicação, Sociedade Nacional de Belas-Artes,
Lisboa | Lisbon
Exposição dos jovens artistas, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon
Exposição de artes plásticas do festival de jovens (org.: Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon), Cuba
1977
Papel como suporte na expressão plástica, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon
1976
Exposição de arte moderna portuguesa. Salão de Verão, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon
Artistas portugueses contemporâneos, Lunds Konsthall Portugisiskt, Lunds | Lund, Suécia | Sweden
1975
Colagem e montagem, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa | Lisbon
1973
O livro de artista, Cooperativa Diferença, Lisboa | Lisbon
1969
V centenário de Vasco da Gama, Exposição de artes plásticas, Lourenço Marques, Moçambique | Mozambique, África | Africa
1968
VII exposição extra-escolar dos alunos da ESBAP, Escola Superior de Belas-Artes do Porto, Porto | Oporto, Portugal
Primeira exposição de artes plásticas do Aeroclube da Costa Verde, Espinho, Portugal 
 
OUTROS PROJETOS, TEXTOS E COLABORAÇÕES seleção
| OTHER PROJECTS, TEXTS AND COLLABORATION selection
— Apresentação de trabalho / Conversa com artista. Carlos Nogueira. Integrado no Seminário permanente de Investigação sobre Criação e Pensamento contemporâneo. Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha | Paper Presentation / Conversation with artist. Carlos Nogueira. Integrated into the permanent Seminar for Research on Creation and Contemporary Thinking. School of Arts and Design of Caldas da Rainha, 2015.
Fotografia para Cólofon, de Manuel de Freitas. Lisboa | Lisbon, Fahrenheit 451, 2013.
— «A propósito dos museus hoje, Carlos Nogueira» (depoimento | testimony), DUARTE, Joana dos Santos, Pensar o museu. Casa das artes e cultura contemporânea de Lisboa, tese de mestrado, Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, 2011 | Master thesis, Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, 2011.
— «“Falemos de casas…” em Portugal», entrevista por Pedro Pacheco | interview by Pedro Pacheco, Falemos de casas: entre o norte e o sul, Lisboa | Lisbon, Athena, 2010.
— «Desenho com Materiais». Carlos Nogueira. Residência, no âmbito do projecto Espaços do Desenho. Colaboração entre Teresa Carneiro e Luís Gomes, sobre práticas investigativas em torno do Desenho. Residências e exposições, com a colaboração de artistas e investigadores portugueses e do Reino Unido | Residence under the Drawing Spaces project. Collaboration between Teresa Carneiro and Luís Gomes on investigative practices around the design. Residences and exhibitions with the collaboration of artists and Portuguese researchers and UK. Lisboa | Lisbon, Fábrica Braço de Prata, 2008-2009. Espaços do Desenho. Drawing Spaces. www.drawingspaces.weekly.com, 2009.
— «desenhos ditados no escuro» (desenho | drawing), Telhados de Vidro, n.º 13 | no. 13, Lisboa | Lisbon, Averno Editora, dezembro de 2009 | Lisbon, Averno Editora, December 2009.
— «(Sem título)» (desenho e depoimento | drawing and testimony), Público, supl. «P2», Lisboa | Lisbon, 4 de julho de 2009 | July 4th 2009
— «para o Olímpio» (desenho | drawing), Olímpio, Lisboa | Lisbon, Diatribe, 2008.
— «(Sem título)» (desenhos e depoimento | drawings and testimony), Papel de Parede, n.º 1 | no. 1, Lisboa | Lisbon, inverno de 2007 |  Winter 2007.
— «(Sem título)» (depoimento | testimony), PÉREZ, Miguel von Hafe (org.), Anamnese, o livro, the book, Porto, Fundação Ilídio Pinho, 2006.
— Colaboração, como artista plástico, no projecto arquitectónico da | Collaboration, as an artist, in architectural project Tankstellenshop Sclosshalde Bern, desenvolvido pela | developed by Althaus Architekten Bern. www.althaus-architekten.ch, 2003.
— «construção para lugar nenhum» (fotografia | photograph), MOURÃO, José Augusto, O fulgor é móvel, Lisboa | Lisbon, Roma Editora, 2003.
— «Gosto de parar o tempo quando vai muito depressa. Não gosto quando me dizes que não estou cá» (texto | text), Diário de Notícias, supl. «DNA», Lisboa | Lisbon, 14 de setembro de 2002 |  September 14th 2002.
— «Interessa-me a luz»; «A minha obra», Centro Cultural de Belém: programa mensal, Lisboa | Lisbon, junho de 2002 | June 2002 (traduções inglesas | English translations: «I’m interested in light», em | at: http://www.carlosnogueira.com/textsof.html#1; «My work», em | at http: //www.carlosnogueira.com/textode.html#2).
— «andava um homem à procura», http://www.carlosnogueira.com/textode.html#10 (tradução inglesa | English translation, «A man was walking», http://www.carlosnogueira.com/textsof.html#10), 2002.
— «apenas as aves», http://www.carlosnogueira.com/textode.html#9 (tradução inglesa | English translation, «Only the water birds», http://www.carlosnogueira.com/textsof.html#9), 2001.
— «(Sem título)», Expresso, supl. «Revista», Lisboa | Lisbon, 15 de setembro de 2001 | September 15th 2001.
— «Conversa com vista para...», entrevista por Maria João Seixas | interview by Maria João Seixas, Público, supl. «Pública», Lisboa | Lisbon, 9 de setembro de 2001 | September 9th 2001.
— «sem título» (desenho | drawing), Uma experiência única – um movimento cívico contra a regionalização, Porto, Porto Editora, 2001.
— «À espera da cor» (depoimento | testimony), Casa Cláudia, Lisboa | Lisbon, maio de 1996 | May 1996.
— Cenários e figurinos da peça Finis Terra da Companhia Olga Roriz | Sceneries and costumes of the play Finis Terra by Companhia Olga Roriz  (estreia no Teatro Nacional de São João, 14 de outubro de 1994 | opening in Teatro Nacional de São João, October 14th 1994).
— «A forest | like a river»; «Between two worlds», Puerto del Sol, New Mexico State University, vol. 29, n.º 1 | no. 1, primavera de 1994 | Spring 1994.
Educação Visual. 8º ano de escolaridade, Lisboa | Lisbon, Lisboa Editora, 1991 (com Amélia Soares Martins e Cristina Carrilho da Graça | with Amélia Soares Martins and Cristina Carrilho da Graça).
— LOPES, Adília, O Marquês de Chamilly (Kabale und Liebe), Lisboa | Lisbon, Hiena Editora, 1987 (obra reproduzida | reproduced piece: «de noite»).
— «sem título» (desenho | drawing), LOPES, Fernando, Matar saudades, Opus Filmes, 1987 (desenho do título do filme | drawing of the title of the film).
— «até ao fim das terras todas» (desenho | drawing), Pipxou, Lisboa | Lisbon, inverno de 1985 | Winter 1985.
— «céu» (desenho | drawing), COUTO, Carlos M., Do céu, pormenor, Porto, Casa da Moeda, julho de 1984 | July 1984.
— «estudo de riscado para camisa sem bolsos (padrão lápis lápis e preto)» (desenho | drawing), projetos Sema | Sema projects: Desenhos?, Lisboa | Lisbon, junho de 1982 | June 1982.
— «estudo de riscado para camisa sem bolsos (padrão lápis lápis e preto)» (desenho | drawing), Sema, n.º 4 | no. 4, Lisboa | Lisbon, maio de 1982 | May 1982.
— «(Sem título)» (desenho | drawing), Arte Opinião, n.º 16 | no. 16, janeiro – abril de 1982 | January – April 1982.
— Capa de Arquitectura, n.º 142 | no. 142, Lisboa | Lisbon, julho de 1981 | July 1981.
— «Poema a um amigo do coração (a partir de um texto de Platão)», Raiz e Utopia, n.º 17-18-19 | nos. 17-18-19, Lisboa | Lisbon, primavera, verão e outono de 1981 |  Spring, Summer and Autumn 1981.
— «avenidas novas/avenidas velhas» (desenho | drawing), Arquitectura, n.º 139 | no. 139, Lisboa | Lisbon, dezembro de 1980 | December 1980.
— («paisagem») (desenho | drawing); «para um levantamento da paisagem: paisagem com tanto» (desenho | drawing), Sema, n.º 2 | no. 2, Lisboa | Lisbon,  verão de 1979 |  Summer 1979.
— «para um levantamento da paisagem: ou e outras coisas como a – o mar – a boca»; «para um levantamento da paisagem: ou e outras palavras como a – a mar – a púbis» (desenhos | drawings), Raiz e Utopia, Lisboa | Lisbon, outono – inverno de 1978 | Autumn – Winter 1978.
— «sem título» (desenho | drawing), Nova 2. Magazine de poesia e desenho, Lisboa | Lisbon, outono de 1976 | Autumn 1976. 

TEXTOS SOBRE CARLOS NOGUEIRA  monografias e catálogos colectivos, seleção 
| TEXTS ON CARLOS NOGUEIRA  books and colective catalogs, selection
— ARCHER, Michael, «A céu aberto» | «A céu aberto», o lugar das coisas | a place for all things. Exposição antológica | Anthological exhibition. (comissária | curator – Catarina Rosendo). Lisboa | Lisbon, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão - Fundação Calouste Gulbenkian, 2012, pp. 91-105 | 249-261.
— GOUVEIA, Teresa, «Apresentação» | «Presentation», o lugar das coisas | a place for all things. Exposição antológica | Anthological exhibition. (comissária | curator – Catarina Rosendo). Lisboa | Lisbon, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão - Fundação Calouste Gulbenkian, 2012, pp. 7 | 8.
— MARCHAND, Bruno, «Do processo à poética. Os desenhos de projecto de Carlos Nogueira» |  «From process to poetics. The working drawings of Carlos Nogueira», o lugar das coisas | a place for all things. Exposição antológica | Anthological exhibition. (comissária | curator – Catarina Rosendo). Lisboa | Lisbon, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão - Fundação Calouste Gulbenkian, 2012, pp. 107-124 | 263-280.
— ROSENDO, Catarina, «Um acontecimento irrepetível prestes a acontecer outra vez»  | «An unrepeatable event about to happen again», o lugar das coisas | a place for all things. Exposição antológica | Anthological exhibition. (comissária | curator – Catarina Rosendo). Lisboa | Lisbon, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão - Fundação Calouste Gulbenkian, 2012, pp. 69-88 / 227-246.
— SARDO, Delfim, «Três proposições sobre o trabalho de Carlos Nogueira», A visão em apneia, Lisboa | Lisbon, Atena, 2011.
Artistas portugueses na colecção da Fundação de Serralves, Porto, Fundação de Serralves, Banco BPI, 2009.
— JORGE, João Miguel Fernandes, «A noite a branco»; «Nem sombra nem vento», Processo em Arte, Lisboa | Lisbon, Relógio d’Água, 2008 (tradução inglesa | English translation, «Neither shadow nor wind», em | at http://www.carlosnogueira.com/textson.html#5).
30 anos, Bienal de Cerveira, 1978-2008, Vila Nova de Cerveira, Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, 2008.
— GUERREIRO, Mónica, Olga Roriz, Lisboa | Lisbon, Assírio & Alvim, 2007.
— MELO, Alexandre, «Os anos 80», Arte e artistas em Portugal, Lisboa | Lisbon, Bertrand Editora, maio de 2007 | May 2007.
— Berto, Al, «Dia da criação da noite por Carlos Nogueira», A secreta vida das imagens, Lisboa | Lisbon, Contexto, 1991. [Edições internacionais | International publications: La secrète vie des images, Bordeaux, L’Escampette, 1996; The secret life of images, Dublin, Mermaid Tubulence, 1997; El miedo (poemas escogidos, 1976-1997), Madrid, Imprenta Kadmos, 2007].
— PÉREZ, Miguel von Hafe (org.), Anamnese. O livro, vols. I-II, Porto, Fundação Ilídio Pinho, 2006.
— SARDO, Delfim, Construir, desconstruir, habitar. Obras da Colecção Berardo, Lisboa | Lisbon, Centro Cultural de Belém, 2006.
— JÜRGENS, Sandra Vieira, «Carlos Nogueira», Colecção Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão. Roteiro, Lisboa | Lisbon, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão – Fundação Calouste Gulbenkian, 2004.
Fotoportfólio [20 anos], Lisboa | Lisbon, Luís Serpa Projetos, 2004.
— SEIXAS, Maria João, Conversas com vista para..., Lisboa | Lisbon, Gótica, 2002.
— FERNANDES, José Manuel, «Portugal», L’art urbain dans l’Europe des douze – Dossier de Recherche, Bruxelas | Brussels, ISELP, 2000.
— MOLDER, Maria Filomena, «Sobre o chão de cal», Matérias sensíveis, Lisboa | Lisbon, Relógio d’Água, 1999.
— PINHARANDA, João Lima, Alguns corpos. Imagens da arte portuguesa entre 1950 e 1990, Lisboa | Lisbon, EDP, 1998.
— PEIXEIRO, Regina Maria Teixeira, Os lugares de Carlos Nogueira, trabalho realizado no âmbito do seminário de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa | developed in the context of a History of Art seminar at the Faculty of Letters, University of Lisbon, ed. policopiada | photocopied edition, 1997.
— VIEIRA, Álvaro Siza, «Carlos Nogueira», Scritti di architettura. Architecture writings, Milão | Milan, Skira, 1997.
Arquitectura Portuguesa Recente, Milão | Milan, XIX Trienal de Arquitetura de Milão, 1996.
— CARLOS, Isabel, «Sem plinto nem parede: anos 70-90», PEREIRA, Paulo, História da arte portuguesa, vol. 3 | vol. 3, Lisboa | Lisbon, Círculo de Leitores, 1995.
— SILVA, Raquel Henriques da, «Contemporaneidade e poéticas pessoais», História das Artes Plásticas, Lisboa | Lisbon, Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 1991.
— JORGE, Luiza Neto, «A quem se interesse», A lume, Lisboa | Lisbon, Assírio & Alvim, 1989.
— Berto, Al, «Persiana de água», Medo. Trabalho Poético 1974-1997, Lisboa | Lisbon, Contexto, 1987.
Círculo de Artes Plásticas de Coimbra, 54 exposições 1981-1983, Coimbra, Círculo de Artes Plásticas de Coimbra, 1983 | Plastic Art Circle,  Coimbra, 1983.
Artistas plásticos no CNC 1979-81, Lisboa | Lisbon, Centro Nacional de Cultura, 1982 (textos | texts: Carlos M. Couto, José Teixeira).
— SOUSA, Ernesto de, «Uma cena (moderna) portuguesa: ou a tentativa para um canibalismo de amor», 25 artistas portugueses de hoje, São Paulo, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, 1981. 

CATÁLOGOS DE EXPOSIÇÕES COLETIVAS  seleção
| COLLECTIVE EXHIBITION CATALOGUES selection
 Animalia e Natureza na Colecção do CAM, Lisboa | Lisbon, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão – Fundação Calouste Gulbenkian, 2014.
Cimento, Lisboa | Lisbon, Museu Nacional de História Natural e da Ciência, 2012.
Almourol. Parque de Escultura Contemporânea. Vila Nova da Barquinha, Vila Nova da Barquinha, Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, 2012.
Fernando de Azevedo. Um texto, uma obra, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Athena, 2012.
Falemos de casas: quando a arte fala arquitectura, Lisboa | Lisbon, Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea, Athena, 2010.
A secreta vida das palavras, Lisboa | Lisbon, Assírio & Alvim, 2010.
Sala do Veado. 20 anos, 1990-2010, Lisboa | Lisbon, Museu Nacional de História Natural, 2010.
Anos 70, atravessar fronteiras, Lisboa | Lisbon, CAM – Fundação Calouste Gulbenkian, 2009.
50 anos de arte portuguesa, Lisboa | Lisbon, Fundação Calouste Gulbenkian, 2007.
Home sweet home, São João da Madeira, Centro de Arte de São João da Madeira, 2006.
Sculpture Quadrennial Riga 2004, «European Space», 2 vols. | 2 vols., Riga, Culture 2000, 2004.
1984-2004. Vinte anos Galeria Cómicos/Luís Serpa Projectos, Lisboa | Lisbon, Galeria Luís Serpa Projetos, 2004.
Territórios singulares na Colecção Berardo, Sintra, Museu de Arte Moderna, 2002.
Al quimias. Al Berto, As imagens como desejo de poesia, Sines, Lisboa | Lisbon, Centro Cultural Emmerico Nunes, Assírio & Alvim, 2001.
Portugal: do Mar, das Pedras, da Cidade, Milão | Milan, XIX Trienal de Arquitetura de Milão, 1996.
Colecção Mário Soares, Lisboa | Lisbon, Instituto Português dos Museus, 1996.
II Bienal de Vila Nova de Cerveira, 16 anos, 1978-1994. Premiados, espólio, exposições, Porto, Grupo Alvarez, 1994.
À espera dos bárbaros, Lisboa | Lisbon, Pedro e o Lobo Arte Contemporânea, 1990.
Lisbonne aujourd’hui, Toulon, Musée de Toulon, 1988.
Fotoporto, mês da fotografia, Porto, Secretaria de Estado da Cultura, 1988.
Exposição Nacional de Arte Moderna, Prémio Amadeo de Souza-Cardoso, Porto, Secretaria de Estado da Cultura, Casa de Serralves, 1987.
AICA Philae 86, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, 1986.
XLII Esposizione Internazionale d’Arte La Biennale di Venezia, Arte e Scienza, Venezia | Venice, Biennale di Venezia, Electa Editrice, 1986.
XLII Bienal de Veneza, representação portuguesa, Lisboa | Lisbon, Secretaria de Estado da Cultura, 1986 (comissário | curator: José Luís Porfírio).
III Exposição de Artes Plásticas, Lisboa | Lisbon, Fundação Calouste Gulbenkian, 1986.
Expo AICA SNBA 85, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, 1985 (textos | texts: José Luís Porfírio).
Diferença/Diálogo, Lisboa | Lisbon, Cooperativa Diferença, 1985.
O livro de artista, Lisboa | Lisbon, Cooperativa Diferença, 1983.
A história trágico-marítima, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, 1983.
O papel como suporte, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, 1982.
2. Internationale Jugendtriennale der Zeichnung, Nürnberg, Kunsthalle Nürnberg, 1982.
Lis’81 Lisbon Internacional Show, Internacional Exhibition of Drawings Portugal, Lisboa | Lisbon, Divisão de Artes Plásticas da Direção-Geral da Ação Cultural, Secretaria de Estado da Cultura, Ministério da Cultura e
Coordenação Científica, 1982.
25 artistas portugueses de hoje, São Paulo, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, 1981.
A caixa, Lisboa | Lisbon, Cooperativa Diferença, 1980.
II Bienal de Vila Nova de Cerveira, agosto de 1980 | August 1980, Vila Nova de Cerveira, Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, 1980.
Lis’79, Lisbon International Show, Exposição Internacional de Desenho Portugal, Lisboa | Lisbon, Direção-Geral da Ação Cultural, Secretaria de Estado da Cultura, Ministério da Cultura e da Ciência, 1979.
Papel como suporte na expressão plástica, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, 1977.
Exposição de arte moderna portuguesa. Salão de Verão/76, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, 1979.
Colagem e montagem, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, 1975.
Exposição extra-escolar dos alunos da ESBAP, Porto, 1968.

CATÁLOGOS DE EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS seleção
| SOLO EXHIBITION CATALOGUES selection
casa deitada, Lisboa | Lisbon, Fundação EDP, 2012 (texto | text: Paulo Pires do Vale).
o lugar das coisas | a place for all things. Exposição antológica | Anthological exhibition. (comissária | curator – Catarina Rosendo). Lisboa | Lisbon, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão - Fundação Calouste Gulbenkian, 2012. (textos | texts: Bruno Marchand, Catarina Rosendo, Michael Archer, Teresa Gouveia).
desenhos, construções e outros acidentes, Lisboa | Lisbon, Fundação Carmona e Costa, 2008 (textos | texts: Gisela Rosenthal, Sara Antónia Matos).
desenhos de construção com casa . e céu, Almada, Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, 2006 (textos | texts: Adília Lopes, Álvaro Siza, Ana Isabel Ribeiro, Eduardo Souto de Moura, Gonçalo M. Tavares, José Adrião, Mia Couto, Ricardo Carvalho).
a ver, 1998-2000, Lisboa | Lisbon, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão – Fundação Calouste Gulbenkian, 2002 (textos | texts: Caoimhín Mac Giolla Léith, Carlos Nogueira, Jorge Molder).
a noite e branco . esculturas, desenhos e cortantes, Lisboa | Lisbon, Câmara Municipal de Lisboa, Museu da Cidade, Pavilhão Branco, 2000 (textos | texts: Carlos Nogueira, Rodrigo Silva).
beyond the very edge of the earth, wherever the edge may be, Oeiras, ed. do autor, 1998 | author’s edition, 1998 (texto | text: Caoimhín Mac Giolla Leith).
olhou para ele durante muito tempo; continuou então a desenhar, Porto, Canvas & Companhia, 1997 (texto | text: João Lima Pinharanda).
o mar, a pedra e outros labirintos . página do caderno de notas sobre o mar / a mar, (s.l.), s.n., (1996) (texto | text: Bernardo Pinto de Almeida).
permanência da água | permanence of water, Lisboa | Lisbon, ed. do autor, 1994 | author’s edition, 1994 (textos | texts: Álvaro Siza Vieira, Bernardo Pinto de Almeida, João Luís Carrilho da Graça, José Manuel Fernandes, Manuel Graça Dias, Maria Filonema Molder, Nuno Teotónio Pereira).
chão de cal, Lisboa | Lisbon, Museu Nacional de História Natural, Sala do Veado, 1994 (textos | texts: Maria Filomena Molder, Pedro Cabrita Reis).
das nascentes, Porto, Cooperativa Árvore, 1987 (texto | text: Bernardo Pinto de Almeida).
paisagens das terras do monte e da pele, Lisboa | Lisbon, Galeria Diferença, 1986 (textos | texts: Carlos M. Couto S. C., José Manuel Fernandes, José Teixeira).
paisagens de (man)dar, Lisboa | Lisbon, Sociedade Nacional de Belas-Artes, 1983 (texto | text: Al Berto).
Heróis. Ana Isabel, Alberto José Caetano, Carlos Nogueira, Lisboa | Lisbon, Galeria Quadrum, 1983 (texto | text: José Gabriel Pereira Bastos).
a Camões e a ti, São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, 1981 (textos | texts: Carlos M. Couto S. C., Fernando de Azevedo).
conjunto de mesa e pintura a condizer e outros fragmentos de um discurso sobre o comum e o quotidiano (ou a primeira fruta com as primeiras chuvas), Lisboa | Lisbon, Centro Nacional de Cultura, 1980.
os dias cinzentos, Lisboa | Lisbon, Galeria Diferença, 1979. 

TEXTOS SOBRE CARLOS NOGUEIRA imprensa seleção
| TEXTS ON CARLOS NOGUEIRA press selection
2015
— BARATA, Ana, «Diferença | Diálogo». Notas Livro de Artista - obra publicada por ocasião da exposição organizada e patente na Galeria Diferença em 1985. Newsletter nº 165, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, maio de 2015, pp. 30-31.
2014
— PORFÍRIO, José Luís, «CONTRA/ACTO. Colectiva», Expresso, supl. «Actual», Lisboa | Lisbon, 26 de julho | July 26th.
— BARATA, Ana, «Pelo caminho um ramo de paisagens para Carlos Nogueira». Sobre o manuscrito de Salette Tavares, de 1983, com o mesmo título. Newsletter nº 159, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, novembro | November, pp. 34-35.
— MADERUELO, Javier, «Observar (y ordenar) el mundo», El País, supl.«Babelia», Madrid | Madrid, 6 de dezembro | December 6th.
— LEITÃO, Bruno, «3+1 Arte Contemporânea (Lisboa) CONTRA/CTO.THIS IS NOW. http://www.makingarthappen.com/2014/07/14/contracto/
— ARTECAPITAL , Colectiva CONTRA/CTO,  3+1 Arte Contemporânea. http://www.artecapital.net/recomendacoes.php?ref=793
2012
— CUNHA, Sílvia Souto, «Arte livre», Visão, Lisboa | Lisbon, 5 de julho | June 5th.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Um museu para todos os públicos», Público, supl. «Ípsilon», Lisboa | Lisbon, 20 de julho | July 20th.
— PORFÍRIO, José Luís, «Pela ribeira do Tejo. Um conjunto escultórico público com uma qualidade exemplar», Expresso, supl. «Atual», Lisboa | Lisbon, 28 de julho | July 28th.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «A escultura em permanente devir. Casa deitada, de Carlos Nogueira», Público, supl. «Ípsilon», Lisboa | Lisbon, 10 de agosto | August 10th.
— VALENTE, Francisco, «Intimidade: nova forma de ser político». Sobre o cinema de documentário português e «A Natureza das Coisas, de Luís Miguel Correia, 2003. Público, supl. «Ípsilon», Lisboa | Lisbon, 24 de agosto | August 24th.
— PORFÍRIO, José Luís, «Casa deitada», Expresso, supl. «Atual», Lisboa | Lisbon, 25 de agosto | August 25th.
 — OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Faço sempre uma única obra», Público, supl. «Ípsilon», Lisboa | Lisbon, 21 de setembro | September 21th.
— ROSENDO, Catarina, «Um acontecimento irrepetível prestes a acontecer outra vez» (excerto), in Carlos Nogueira, o lugar das coisas, Caderno do CAM, Lisboa | Lisbon, Fundação Calouste Gulbenkian, 21 de setembro |
September 21th.
— PORFÍRIO, José Luís, «O problema da habitação», Expresso, supl. «Actual», Lisboa | Lisbon, 13 de outubro | October 13th.
— SOUSA, Rocha de, «Carlos Nogueira. O lugar das coisas», Jornal de Letras, Lisboa | Lisbon, 17-30 de outubro | October 17th-30th.
— MATOS, Miguel, «Carlos Nogueira em resumo de carreira», Time Out, Lisboa | Lisbon, 19-25 dezembro | December 19th -25th.
— CRESPO, Nuno, «O lugar das coisas. Carlos Nogueira», Público, supl. «Ípsilon», Lisboa | Lisbon, 28 de dezembro | December 28th.
— ARTECAPITAL ,«Carlos Nogueira. O lugar das coisas», http://www.artecapital.net/criticas.php
2010
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Imagens para Al Berto», Público, supl. «Ípsilon», Lisboa | Lisbon, 13 de agosto | August 13th.
— CARITA, Alexandra, «Afinal o que é uma casa?», Expresso, supl. «Actual», 23 de outubro | October 23rd.
2009
— CAMPOS, Cristina, «Desenhos, construções e outros acidentes. Carlos Nogueira na Fundação Carmona e Costa», Artes e Leilões, n.º 14 | no. 14, Lisboa | Lisbon, janeiro | January.
— MARTINS, Celso, «Coisas impuras», Expresso, supl. «Actual», Lisboa | Lisbon, 17 de janeiro | January 17th.
— ANDRADE, Sérgio C., «Escultor Carlos Nogueira desenha janela para capela de Berna», Público, supl. «P2», Lisboa | Lisbon, 1 de junho | June 1st.
— FERNANDES, José Manuel, «Recuperação urbanística, paisagística e arquitectónica do Bairro de Nova Oeiras», Arq/a, Lisboa | Lisbon, julho – agosto | July – August.
— NUNES, Maria Leonor, «Anos 70, O tempo em que a arte era um happening», Jornal de Letras, Lisboa | Lisbon, 7 de outubro | October 7th.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «E a arte saía à rua», Público, supl. «Ípsilon», Lisboa | Lisbon, 16 de outubro | October 16th.
— MARTINS, Celso, «Anos 70: atravessar fronteiras», Expresso, supl. «Actual», Lisboa | Lisbon, 17 de outubro | October 17th.
— PORFÍRIO, José Luís, «Um testemunho», Expresso, supl. «Actual», Lisboa | Lisbon, 18 de outubro | October 18th.
2008
— MATOS, Sara Antónia, «Carnívoros», L+Arte, n.º 50 | no. 50, Lisboa | Lisbon, julho | July.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Efeitos do acaso no espaço», Público, supl. «Ípsilon», Lisboa | Lisbon, 26 de dezembro | December 26th.
2007
— CAISSOTTI, Miguel, «Carlos Nogueira», Estado do mundo. Transfert, Lisboa, | Lisbon FCG, maio – julho | May – July.
— WONG, Bárbara, «Aulas extraordinárias, mesmo», Público, supl. «P2», Lisboa | Lisbon, 21 de setembro | September 21st.
— BARRAL, Ana, «desenhos de construção com casa . e céu», Papel de Parede, n.º 1| no. 1, Lisboa | Lisbon, inverno | Winter.
2006
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «O desenho e a sua escala», Público, supl. «Mil Folhas», Lisboa | Lisbon, 29 de abril | April 29th.
— MARTINS, Celso, «Carlos Nogueira», Expresso, supl. «Actual», Lisboa | Lisbon, 6 de maio | May 6th.
— ADRIÃO, José, e CARVALHO, Ricardo, «Álvaro Siza», JA – Jornal Arquitectos, n.º 224 | no. 224, Lisboa | Lisbon, julho – setembro | July – September.
2005
— RUIVO, Ana, «O espaço passo a passo», Expresso, Lisboa | Lisbon, 21 de maio | May 21st.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «A propósito de colecções e dos seus autores», Público, Lisboa | Lisbon, 4 de junho | June 4th.
2004
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Artes plásticas. Balanço 2003», Público, supl. «Mil Folhas», Lisboa | Lisbon, 3 de janeiro | January 3rd.
— MOURÃO, José Augusto, «Diante do sal que nos olhos luz», Egoísta, Estoril, março | March.
— KLAVINA, Anda, «Poezijas nav», Diena, Piektdiena, Latvija | Latvia, 4 de junho | June 4th.
— KLAVINA, Anda, «Trisdimensija», Maksla, Latvija | Latvia, 4 de junho | June 4th.
— «Eiropas telpa», Pasaules Atbalss, Latvija | Latvia, 17 de junho | June 17th.
— RUIVO, Ana, «Pelos caminhos da luz», Expresso, supl. «Actual», Lisboa | Lisbon, 3 de julho | July 3rd.
— KUSMANE, Agnese, «Kur klist kuratoru vertiga doma?», [?], Latvija | Latvia, 7 de julho | July 7th.
2003
— VIEIRA, Sandra, «Carlos Nogueira», Arte y Parte, n.º 42 | no. 42,  Madrid, janeiro | January.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «O ano cinzento», Público, supl. «Mil Folhas», Lisboa | Lisbon, 4 de janeiro | January 4th.
— «Carlos Nogueira: a ver a parar a luz», Atlantis, n.º 1 | no. 1, Lisboa | Lisbon, janeiro – fevereiro | January – February.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «O lugar do outro», Público, supl. «Mil Folhas», Lisboa | Lisboa, 27 de setembro | September 27th.
— CAISSOTTI, José Miguel, «Construção para lugar nenhum», Pangloss, n.º 3 | no. 3, Lisboa | Lisbon, outono | October.
— M., C. [MARTINS, Celso], «Carlos Nogueira», Expresso, Lisboa | Lisbon, 4 de outubro | October 4th.
2002
— P., J. [PINHARANDA, João], «Carlos Nogueira. O eterno retorno», Público, Lisboa | Lisbon, 19 de janeiro | January 19th.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Carlos Nogueira apresenta uma nova escultura no espaço do Sintra Museu de Arte Moderna. O espaço ilimitado», Público, supl. «Mil Folhas», 18 de maio | May 18th.
— «Instalação de Carlos Nogueira no Sintra Museu», Jornal de Notícias, Lisboa | Lisbon, 20 de maio | May 20th.
— RUIVO, Ana, «Carlos Nogueira, Sintra Museu de Arte Contemporânea», Expresso, Lisboa | Lisbon, 8 de junho | June 8th.
— G., K. [GOMES, Kathleen], «A peça. CCB apresenta escultura de Carlos Nogueira», Público, Lisboa | Lisbon, 18 de julho |July 18th.
— PORFÍRIO, José Luís, «Uma escultura de Carlos Nogueira instalada no CCB. Caixas de sol», Expresso, Lisboa | Lisbon, 3 de agosto | August 3rd.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Esculturas de Carlos Nogueira em exposição em Sines», Público, Lisboa | Lisbon, 12 de agosto | August 12th.
— «Carlos Nogueira: o artista por detrás da obra... “Atento aos encontros das cores com as coisas”», Sudoeste (Sines), 28 de agosto | August 28th.
— MARTINS, Celso, «Sombras e reflexos. Um cenário onde interagem a cultura, a natureza e o homem», Expresso, Lisboa | Lisbon, 26 de outubro | October 26th.
— PINHARANDA, João, «Trabalho sobre linhas de fronteira: noite e dia, terra e mar, fogo e vento. Dual», Público, supl. «Mil Folhas», Lisboa | Lisbon, 23 de novembro | November 23rd.
— SOUSA, Rocha de, «Carlos Nogueira: a ver», JL – Jornal de Letras, Artes e Ideias, Lisboa | Lisbon, 27 de novembro | November 27th.
— NEVES, Joana, «Três colunas invisíveis para “Parar a Luz”», Público, supl. «Mil Folhas», Lisboa | Lisbon.
2001
— JORGE, João Miguel Fernandes, «Sentir o olhar», O Independente, Lisboa | Lisbon, 19 de janeiro | January 19th.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Al Quimias em Sines», Público, Lisboa | Lisbon, 28 de julho | July 28th.
2000
— «Artist unveils gift to School of Art», The Brighton Graduate, Brighton, 22 de fevereiro | February 22nd.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Galeria 30 Dias encerra hoje. Arte efémera», Público, 31 de março | March 31st.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Carlos Nogueira apresenta individual de escultura em Lisboa. Ao compasso da terra», Público, supl. «Artes & Ócios», Lisboa | Lisbon, 29 de setembro | September 29th.
— PORFÍRIO, José Luís, «O lugar de onde se vê», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon, 14 de outubro | October 14th.
— MARTINS, Maria do Carmo, «Geometrias ocultas», Casa Cláudia, Lisboa | Lisbon, dezembro | December.
— RIBEIRO, João, e SARAIVA, Tiago, «Carlos Nogueira. La noche en blanco», Pasajes, Arquitectura y Critica, n.º 22 | no. 22, Madrid.
1999
— «Carlos breaks new ground», Brighton Evening Argus, Brighton, 10 – 11 de julho | July 10th – 11th.
— «Beyond the edge», Brighton and Hove Leader, Brighton, 6 de agosto | August 6th.
1998
— POMAR, Alexandre, «Arquitectura do Regime. Exposição Cristino da Silva», Expresso, supl. «Revista», 7 de fevereiro | February 7th.
— P., J. [PINHARANDA, João], «Arte portuguesa no estrangeiro», Público, Lisboa | Lisbon, 11 de abril | April 11 th.
— RATTEMBURY, Kester, «A postcard from Lisbon», [1998].
1997
— FARIA, Óscar, «Carlos Nogueira», Público, supl. «Zap», 17 de janeiro | January 17th.
— PORFÍRIO, José Luís, «O efeito galeria», Expresso, Lisboa | Lisbon, 1 de fevereiro | February 1st.
— FARIA, Óscar, «Primeiro encontro», Público, Lisboa | Lisbon, 4 de fevereiro | February 4th.
— PINHARANDA, João, «Os elementos da natureza», Público, supl. «Pública», Lisboa | Lisbon, 5 de outubro | October 5th.
1996
— PINHARANDA, João, «Portugal e o resto do mundo na Trienal de Milão. A crise da arquitectura», Público, Lisboa | Lisbon, 1 de março de 1996 | March 1st 1996.
— SILVA, Rodrigues da, «Trienal de Arquitectura de Milão. Quermesse de imagens», JL – Jornal de Letras, Artes e Ideias, Lisboa | Lisbon, 13 de março | March 13th.
— ROSSA, Walter, «Opções à portuguesa», Expresso, supl. «Revista», Lisboa | Lisbon, 16 de março | March 16th.
— MILHEIRO, Ana Vaz, «Arquitectura portuguesa nos olhos do mundo», Público, 19 de junho | June 19th.
— POMAR, Alexandre, «Espaços públicos. Identidade e diferença na arquitectura portuguesa: dez projectos», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon, 22 de junho | June 22nd.
— P., J., [PINHARANDA, João], «Carlos Nogueira», Público, supl. «Zap», Lisboa | Lisbon, 9 de agosto | August 9th.
— PORFÍRIO, José Luís, «Um enigma. Duas mesas que se desvendam como tanques, com peixes e com livros, “As portas do rio...”», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon, 26 de outubro | October 26th.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Carlos Nogueira, “As portas do rio te estão abertas”», Público, supl. «Zap», Lisboa | Lisbon, 1 de novembro | November 1st.
1995
— PORFÍRIO, José Luís, «Permanência do efémero», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon,
28 de janeiro | January 28th.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Desenho e escultura nas Caldas», Público, Lisboa | Lisbon, 26 de julho | July 26th.
— PERES, Cristina, «Territórios de contingência», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon, 23 de dezembro | December 23rd.
1994
— PINHARANDA, João, «Carlos Nogueira, “um chão de cal”», Público, supl. «Magazine», Lisboa | Lisbon, 21 de janeiro | January 21st.
— PORFÍRIO, José Luís, «Um chão de cal», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon, 22 de janeiro | January 22nd.
— OLIVEIRA, Luísa Soares de, «Carlos Nogueira, “Um chão de cal”», Público, supl. «Magazine», Lisboa | Lisbon, 28 de janeiro | January 28th.
— POMAR, Alexandre, «Carlos Nogueira», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon, 29 de janeiro | January 29th.
— PORFÍRIO, José Luís, «Permanência do efémero. Um livro de Carlos Nogueira fixa a memória de três instalações como uma nova presença», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon, 29 de janeiro | January 29th.
— PINHARANDA, João, «Lisboa a nove», Público, Lisboa | Lisbon, 17 de junho | June 17th.
— FARIA, Óscar, «As múltiplas viagens do ser», Público, Lisboa | Lisbon, 14 de outubro | October 14th.
1993
— CEREJO, José António, «Entrar em Lisboa de boca aberta», Público, Lisboa | Lisbon, 4 de junho | June 4th.
— FERNANDES, José Manuel, «Arte urbana e arquitectura», Expresso, supl. «Revista», Lisboa | Lisbon, 10 de julho | July 10th.
— DIAS, Aida de Sousa, «Carlos Nogueira visto por Aida de Sousa Dias», Oeiras Municipal, n.º 42 | no. 42, outubro-novembro-dezembro | October, November, December.
— «Carlos Nogueira em Évora com “Permanência da Água”», Correio da Manhã, Lisboa | Lisbon.
— PORFÍRIO, José Luís, «Lugares de passagem», Expresso, Lisboa | Lisbon.
1992
— PORFÍRIO, José Luís, «Os canais do desejo», Expresso, supl. «Cartaz», Lisboa | Lisbon, 18 de julho | July 18th.
— MIRA, António Ricardo, «Carlos Nogueira», Diário do Sul, Évora, 24 de julho | July 24th